Total de visualizações de página

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Violência urbana, do BLOG INSUSTENTÁVEL

Jéssica Monte
"Do rio que tudo arrasta se diz que é violento. Mas ninguém
diz como são violentas as margens que o reprimem".
(Bertolt Brecht)

Introdução
A criminalidade, cada vez mais banalizada entre nós, vem adquirindo proporções verdadeiramente alarmantes, fazendo do medo um estado de espírito generalizado em nosso seio social.
Embora não seja um problema apenas dos grandes centros urbanos é nas cidades onde presenciamos o crescimento das práticas delituosas de forma acentuada. Isso é ocasionado por uma forte presença de fatores predisponentes.
Criminalidade e violência, entretanto, configuram-se como comportamentos inerentes à natureza humana. O que faz com que tais formas de conduta assumam um caráter de patologia social são suas elevadas taxas de ocorrência. É o que constata Durkheim (1895) ao afirmar que a existência do crime é fato social normal, embora sempre abominável e, logo, punível seu autor.

continue lendo

Pesquisar este blog

Arquivo do blog